Pular para o conteúdo principal

Matéria com Madalena Feliciano na BBC News!

O futuro está aí. Como se preparar para o mercado de trabalho?



É impossível prever o futuro, sabemos disso, mas isso não significa que não é possível interpretá-lo de acordo com os acontecimentos do nosso dia-a-dia.
O mundo está passando constantemente por modificações que interferem direta ou indiretamente na vida da sociedade e, para aproveitar essas mudanças do melhor jeito, é preciso pensar de forma visionária, tentando enxergar a forma a qual o mercado estará em daqui dez anos. “A primeira vista esse período parece longo, porém, só parece. As tecnologias de informação e comunicação trouxeram grande mobilidade e velocidade, fazendo com que o tempo diário pareça ter sido encolhido: uma década passa em um piscar de olhos”, comenta Madalena Feliciano, diretora de projetos da Outliers Careers. 
Em 2020, por exemplo, o cenário do mercado de trabalho no Brasil e no mundo será outro, e é importante estar preparado desde já para o que vem por aí, - ou você corre o risco de ficar para trás. Devido a isso, Madalena fala sobre algumas atitudes que podem ser tomadas para acompanhar o mercado – e, por que não, lançar tendência?
“A principal dica que eu ofereço é: saiba o que você quer da vida – e, para isso, pratique o seu autoconhecimento. Como fazer isso? Tomando as rédeas da sua carreira, exercitando a curiosidade, acompanhando as tendências e tentando se antecipar a elas. Esteja sempre antenado, atualizado e ativo no mercado. Isso é um bom início”, sugere Madalena.
Como estará o mercado daqui 10 anos? Que qualidades, competências e habilidades preciso desenvolver? Não são perguntas de respostas fáceis, mas, com estudo e atenção elas podem ser mais bem compreendidas. “Existem sim áreas que obterão maior investimento nos próximos anos, mas isso não significa que se você não se enquadra nelas, não possa fazer algo novo. O mundo está sempre pronto para novas boas ideias”, comenta.
Porém, para manter-se sempre atualizado, fazer alguns cursos – como de línguas, por exemplo – é extremamente importante. “Independente da área de atuação, o mundo está cada vez mais globalizado. Isso significa que as barreiras entre os povos diminuíram muito, - mas as línguas diferentes continuam existindo. Quando você sabe se comunicar em outras línguas, você tem um grande ponto a seu favor”, ressalta.
Outra sugestão que Madalena oferece é personalizar o trabalho, e, ao mesmo tempo, ampliar o seu foco, ou seja, adquirir conhecimento das mais variadas áreas. “Não é porque você é especialista em algo que deve fechar a cabeça para novas áreas de conhecimento”, diz. Também é importante não se acomodar e estar sempre pronto para lidar com outras culturas – essa é uma característica importante do futuro, afinal, estamos falando de um mercado globalizado.
Para aqueles que não sabem qual carreira seguir, Madalena dá algumas dicas daquelas que dão indícios que serão promissoras nos próximos anos. “Existem carreiras promissoras das mais variadas áreas. Entendo que as profissões que envolvem o meio ambiente e sustentabilidade, a tecnologia e virtualização, a qualidade de vida, a medicina,  a globalização – como administração de empresas ou relações internacionais, por exemplo, - são boas opções a se seguir”, opina a especialita.
Outliers Careers
Madalena Feliciano

Diretora Geral
(11) 2737-1724
Avenida Fagundes Filho, 77, cj 82 e 83 São Paulo - SP.
madalena@outlierscareers.com.br
www.outlierscareers.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A comunicação das abelhas

Vamos analisar a forma com que as abelhas se comunicam, associando-a a importância de uma linguagem clara e objetiva dentro de uma empresa?As abelhas possuem um sistema de comunicação bastante organizado e interessante: quando querem informar as companheiras sobre a localização de uma fonte de alimento, as campeiras – responsáveis por registrar a posição da fonte em relação a colmeia – usam o sistema da dança, que difere em relação a distância da localização. Em uma empresa, a comunicação – que, em nossa espécie, ocorre através da linguagem – precisa ser de natureza clara e eficiente seja qual o setor de atuação, direcionando o trabalho ao alvo definido pela corporação. Digamos, em comparação, que este alvo seria a fonte de alimento e, a equipe, o grupo de abelhas: todas caminhando na mesma direção, sob uma liderança que almeja o sucesso profissional e se comunica através dessa linguagem objetiva. Pensando em aprimorar a comunicação de uma empresa – entre setores, funcionários e como in…

Os pilares da confiança no trabalho e como construí-los

A confiança é um dos princípios fundamentais da construção de relacionamentos. Ela, contudo, não acontece de um dia para outro, exige o que a pessoa tem de melhor, se desenvolvendo aos poucos. Ela precisa ser conquistada com nossas ações e comportamentos.

Assim como na vida pessoal, relacionamentos profissionais também dependem dela para se manterem saudáveis. “Uma relação de confiança no ambiente de trabalho cria espaço para a cooperação, o comprometimento, a circulação de ideias inovadoras, superação das diferenças, aumentando a satisfação no trabalho e melhora da comunicação”.

Mas quais são os pilares da relação de confiança no ambiente profissional? Confira e veja ainda quais os passos para construir um relacionamento baseado na confiança:

Honestidade, integridade e coerência
“Não posso dizer confie em mim, mas por meio destes três aspectos eu estabeleço o vínculo de confiança”. Para que um indivíduo confie em alguém e se comprometa com ele é preciso acreditar nele. “Perceber que é ve…

Esta é a prova de que postar no LinkedIn pode deixá-lo “famoso”

LinkedIn acaba de divulgar ranking inédito no Brasil com os usuários cujos textos tiveram mais repercussão neste ano PorCamila Pati LinkedIn: 12 mil novos artigos em português toda semana (Flickr/Creative Commons/Nan Palmero) São Paulo – Com 27 milhões de perfis de brasileiros, oLinkedInacaba de divulgar uma lista inédita por aqui:a de usuários cujos artigos alcançaram maior repercussão na rede social neste ano. OrankingTop Voices tem como foco pessoas comuns e que publicam espontaneamente narede socialprofissional, ou seja, não são convidadas pela plataforma a escrever, como no caso dos usuários influenciadores. “Qualquer usuário pode publicar um artigo e é muito simples fazer isso. Desde agosto do ano passado há um botão “escrever artigo” na página inicial”, diz o editor do LinkedIn, Guilherme Odri. De acordo com ele, é uma oportunidade de dividir ideias com uma audiência interessada em aprender e também em ensinar. Marc Tawill, sócio-diretor da Tawill Comunicação, foi, entre…