Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2019

A negociação no mercado de trabalho

Como a arte de negociar se tornou uma competência decisiva nos dias atuaisO mercado de trabalho tem se tornado cada vez mais competitivo, e a arte de saber negociar se torna uma qualidade de destaque. Apesar de ser uma tarefa comum no dia a dia, tentar fazer com que o outro compreenda e aceite suas condições sem deixar que as emoções tomem o melhor de si, mostra-se uma tarefa delicada, e até mesmo complicada. Segundo Madalena Feliciano, diretora da Outliers Careers e presidente do IPC, a inteligência emocional é um fator importante na arte da negociação. No mercado de trabalho há mais de 20 anos, ela pontua que um profissional que tem controle das emoções passa mais segurança de maneira geral. “Com isso, entende-se que as pessoas que sabem lidar com seus medos, inseguranças e insatisfações costumam ter maior êxito em seus cargos – e até em suas vidas”. É importante perceber que o indivíduo é, naturalmente, um negociador. Porém, algumas dicas podem maximizar o sucesso da negociação, como…

Do desemprego ao sucesso

Madalena Feliciano superou os obstáculos e hoje é referência como empresária e coachNo país em que mais de 300 mil empresas fecharam num período de três anos, Madalena decidiu se tornar empresária. Cinco filhos, duas netas e nenhum dinheiro. Seu único recurso era o fundo de garantia do marido que acabara de ser desempregado. A diretora do Instituto Profissional de Coaching (IPC) obviamente encarou diversas dificuldades no início de tudo. Um dos maiores adversários era o negativismo: amigos e conhecidos desconfiavam do sucesso de Madalena no ramo empresarial, alegando que seria muito melhor um emprego fixo e estável. “Eu já sabia que não ia ser nada fácil, mas decidi não dar ouvidos às pessoas que vinham conversar comigo”, relata Madalena. A vida de empresário é repleta de riscos e com Madalena não foi diferente. A diretora do IPC precisou se privar muitas vezes do bem mais precioso de todo ser humano: a família. Por conta do trabalho, Madalena se privou de estar com marido e filhos. “Re…

Narcisistas, egoístas, sabichões: como lidar com esses perfis no trabalho?

Demanda uma gasto de energia enorme lidar com pessoas que se acham a última bolacha do pacote e que, na maior parte das situações, não estão nem aí para os outros. Há casos em que egoístas ou egocêntricos não agem assim por maldade, e sim porque, por algum motivo prévio, aprenderam a se defender dessa forma e compensar inseguranças. No entanto, o convívio com gente desse naipe pode se tornar infernal. Como você não muda ninguém a não ser você mesma, o jeito é aplicar algumas práticas no dia a dia, que podem suavizar um pouco dessa má energia. Veja algumas ideias:
Aceite as limitações dessas pessoas
Dependendo das circunstâncias (como precisar muuuito do emprego, por exemplo), aceite, que dói menos. Não espere muito desses colegas nem peça apoio. A insistência numa aproximação pode trazer mais frustração, levando esse sentimento a interferir no seu trabalho e até na sua autoestima. Evite jogos mentais
Muitos ególatras adoram joguinhos que forçam o outro a ficar constantemente na defensi…

50 são os novos 30

Nunca é tarde para tentar uma nova carreira
A expectativa de vida no mundo transpassa os 70 anos. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Brasil, esse número chega aos 75. Por isso, aqueles que estão na idade a partir dos 50 não devem mais se sentir como se estivessem no fim da vida, os 50 são os novos 30.
No trabalho, por exemplo, muitas pessoas dessa faixa etária querem dar um novo rumo às suas carreiras, mas não sabem como fazê-las. Madalena Feliciano, CEO da Outliers Careers, empresa especializada em serviços de desenvolvimento humano utilizando as mais respeitadas metodologias e ferramentas de mercado, explica que durante a vida sempre se tem aquela vontade de mudança, mas é preciso determinar bem como será feita essa mudança para evitar frustrações. “Avalie toda sua trajetória, todos os aprendizados e grandes feitos para fazer a melhor escolha”, completa a consultora executiva de carreira.
Baseado em levantamento do RAIS (Relação Anual de Informações …

Infelicidade no trabalho

72% dos profissionais não estão felizes com seu trabalhoSegundo o filósofo chinês Confúcio, quem escolhe um trabalho que ame nunca mais terá que trabalhar na vida. Fazer aquilo que gosta gera sensação de prazer e mais razão para realizar as atividades necessárias. Mas essa não é a realidade da maioria da população. Segundo pesquisa feita pela Gallup, 72% dos indivíduos não gostam do trabalho que desempenham.
Madalena Feliciano, especialista em gestão de carreira e diretora da Outliers Careers, explica a dificuldade das pessoas no geral de encontrarem um trabalho que as faça feliz. Durante boa parte da vida, muitas pessoas não encontraram o chamado rumo certo e acabam se acomodando em empregos que não as agradam, em busca apenas da estabilidade financeira. Realizar atividades que não o cativam trará estresse e até problemas físicos. Como infarto, por exemplo. Em estudo desenvolvido pela International Stress Management Associaton (Isma – Brasil), quase 70% dos brasileiros são estressados …

Aprenda a se livrar do stress no trabalho em quatro simples passos

Gestora de carreiras revela o segredo para viver uma vida profissional o mais longe possível de irritações na rotina
Quem possui uma rotina agitada, precisa tomar muito cuidado com pequenas atitudes, para não ser consumido pelo stress do dia-a-dia, pois isso pode afetar fisicamente o seu corpo e a sua saúde, causando picos de pressão, ansiedade e até depressão. O trabalho pode abalar a estrutura emocional de uma pessoa, mas segundo a gestora de carreiras, Madalena Feliciano, há regras básicas que podem diminuir consideravelmente esse efeito.
“O profissional já tem que lidar diariamente com o stress causado pelo próprio trabalho - deadlines, responsabilidades, clientes e muitos outros - por isso, deixar que a convivência com colegas também afete sua sanidade é a última coisa que deve acontecer no escritório”, comenta a especialista.
Quando o problema do seu stress é o cansaço, a sugestão de Madalena é o diálogo. “É comum nos depararmos com profissionais exaustos, que acumulam cada vez m…

Como se portar numa entrevista de emprego

Dicas para ter um bom desempenho neste momento decisivo
Para aqueles que estão buscando um novo emprego, além de preparar um bom currículo e ter todas as competências para a vaga de interesse é preciso portar-se bem na entrevista. É na entrevista que você terá o primeiro contato físico com o recrutador e ele analisará a postura e algumas características para escolher o melhor candidato.
O primeiro passo é a pontualidade. É importante que o candidato chegue ao menos com 15 minutos de antecedência, pois essa é a primeira boa impressão que poderá passar ao recrutador. Imprevistos acontecem, então tenha cuidado. Vestir-se adequadamente também é importante, já que este é um momento formal e decisivo.
A consultora executiva de carreira e master coach internacional Madalena Feliciano conta que um dos grandes problemas dos candidatos em uma entrevista de emprego é o nervosismo e falta de confiança. Muitos candidatos não estão seguros do que vão falar e acabam não mencionado suas qualidades e …

Os erros que impedem a sua contratação

Com farta oferta de mão de obra à disposição, recrutadores se tornaram mais exigentes. Assim, gafes que antes poderiam ser relevadas acabam se tornando critério de eliminação. Confira quais são para evitá-lasÀs vezes, o profissional até tem as competências necessárias para uma vaga de emprego e, se fosse escolhido, teria bom desempenho. Nada disso adianta, porém, se ele não souber demonstrar isso no currículo e na entrevista. Confira equívocos que podem atrapalhar a admissão
Com cerca de 13,4 milhões de desempregados no país, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a disputa por vagas de trabalho se torna cada vez mais acirrada. “Há muitos candidatos por vaga, por isso as seleções se tornaram mais rigorosas”, analisa Bianca Machado, gerente do site de empregos Catho. Detalhes que antes poderiam passar despercebidos ou ser aceitos por recrutadores, hoje podem fazer a diferença entre conseguir ou não uma oportunidade. Assim, prestar atenção para evitar err…

Olhos: A janela da alma

Entenda como é possível observar padrões de comportamento através do olhar Apesar da maneira direta de comunicação com o próximo ser a fala, a linguagem corporal tem uma parte importante no que diz respeito à interação. Alguns gestos auxiliam na compreensão de uma mensagem, e um que é bastante significativo: O olhar. Os movimentos oculares são capazes de denunciar a direção do pensamento. Eles dependem de processos neurológicos, e somam um total de seis direções que os olhos fazem a fim de acessar partes diferentes do cérebro. Apesar de não ser a primeira a perceber os padrões de movimentos oculares, a PNL foi responsável por associá-los ao raciocínio e à linguagem. Quando o indivíduo visualiza, tende a desfocar o olhar; ao conversar consigo mesmo, tende a desviar o olhar para baixo ou para a esquerda; diante de sensações, tende-se a olhar para a esquerda ou para direita. Segundo Madalena Feliciano, diretora da empresa de coaching Outliers Careers e presidente do IPC, a linguagem corpora…

Calibração: Compreendendo as pessoas ao seu redor

Técnica ajuda a identificar as emoções  Dentro da PNL – Programação Neurolinguística –, existe uma série de estratégias a fim de maximizar os resultados positivos de um indivíduo. Entre elas está a calibração, que é a compreensão dos diferentes estados de espírito das pessoas. Para maior sucesso do trabalho em equipe, é essencial desenvolver e aperfeiçoar essa técnica.
Segundo Madalena Feliciano, diretora da empresa de coaching Outliers Careers e presidente do IPC, a calibração é uma ferramenta essencial. 
"Essa ferramenta auxilia no desenvolvimento de habilidades de alto desempenho, descobrindo o que há de melhor em cada profissional e elevando ainda mais a capacidade existente nele relata".
A calibração é altamente útil. Julgamentos impensados sobre o que "significam" os comportamentos específicos raramente são úteis. Em termos da PNL, as pessoas costumam fazer generalizações rápidas com informações insuficientes. O fato é que quase ninguém se comporta da mesma manei…

Mulheres estão em apenas 37% dos cargos de chefia em empresas

Grandes personalidades femininas conseguem se colocar nesse meioA mulher já conquistou bastante espaço no mercado de trabalho, elas respondem atualmente por 43,8% de todos os trabalhadores brasileiros. Mas a participação vai caindo conforme aumenta o nível hierárquico. Elas representam 37% dos cargos de direção e gerência. No topo, nos comitês executivos de grandes empresas, elas são apenas 10% no Brasil. Entrar nesse meio é difícil, mas grandes mulheres conseguem graças a sua competência. Uma delas é Madalena Feliciano, CEO de duas empresas, Outliers Careers e IPCoaching, consultora executiva de carreira e master coach internacional. Com muitas dificuldades como o desemprego na família e poucos recursos, conseguiu abrir suas empresas e se destacar como grande executiva. Madalena conta que valoriza a figura feminina em seu trabalho e conta da dificuldade em se inserir num seleto grupo de mulheres chefes. “Eu valorizo muito as mulheres na contratação de colaboradores para minha empresa,…

Contratar pelo comportamento

Entenda como o assessment pode otimizar a funcionalidade da sua empresa ou sua experiência profissional pessoalPara quem não conhece o assessment, nada mais é que uma espécie de relatório, que visa entender e apontar tendências de comportamento, performance e potencial de colaboradores e candidatos. Esta forma de avaliação tem orientado os setores de RH graças à sua capacidade em definir se tal pessoa é capaz de cumprir com o que é exigido na posição profissional desejada. Existem algumas ferramentas principais que auxiliam esse método, uma delas é o DiSC.
Madalena Feliciano, Master Coach e consultora executiva de carreira, explica que as ferramentas de assessment ajudam empresas na hora de estabelecer metas para selecionar e recrutar, avaliar o desempenho dos colaboradores, medir o clima organizacional e criar planos de carreira. O DiSC, por exemplo, é uma ferramenta muito poderosa que contribui facilitando os processos de treinamento e consultoria. “O DiSC é bem assertivo, é o mais u…

A janela da alma

Entenda como é possível observar padrões de comportamento através do olhar
Apesar da maneira direta de comunicação com o próximo ser a fala, a linguagem corporal tem uma parte importante no que diz respeito à interação. Alguns gestos auxiliam na compreensão de uma mensagem, e um que é bastante significativo: O olhar. Os movimentos oculares são capazes de denunciar a direção do pensamento. Eles dependem de processos neurológicos, e somam um total de seis direções que os olhos fazem a fim de acessar partes diferentes do cérebro. Apesar de não ser a primeira a perceber os padrões de movimentos oculares, a PNL foi responsável por associá-los ao raciocínio e à linguagem. Quando o indivíduo visualiza, tende a desfocar o olhar; ao conversar consigo mesmo, tende a desviar o olhar para baixo ou para a esquerda; diante de sensações, tende-se a olhar para a esquerda ou para direita. Segundo Madalena Feliciano, diretora da empresa de coaching Outliers Careers e presidente do IPC, a linguagem corpora…

Qual é a melhor maneira de dar e receber feedback?

Algumas dicas de como fazer análises sem sofrimento e de forma natural
Uma das coisas mais importantes no trabalho em equipe é compreender o funcionamento dos processos e dos profissionais, e caso algo não esteja operando da forma esperada, buscar o motivo pelo qual há essa interferência. Por isso, a importância do feedback sobre o trabalho desempenhado por colaboradores, objetivando potencializar a produção e o desempenho da equipe, desta forma facilitando e aumentando a confiança entre os trabalhadores. Madalena Feliciano, diretora da Outliers Careers e presidente do IPC explica que é comprovado que não existem feedbacks negativos. Apesar disso, eles sempre proporcionam algum tipo de carga emocional ao avaliado, por mais que o avaliador tente ser direto e preciso. Contudo, é necessária atenção para que julgamentos pessoais não sejam incluídos na avaliação, uma vez que podem inibir o avaliado. “Um líder que trabalha com as estratégias de coaching que lhe foram ensinadas é aquele que ou…