Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Deslizes na entrevista de emprego

A ânsia por convencer o recrutador de que você é o candidato ideal para ocupar a vaga de emprego disponível, muitas vezes, leva você a pecar pelo excesso. Quando não, você opta por se comportar de maneira contida, e deixa de mostrar as competências e habilidades essenciais ao cargo. Resultado: é eliminado por falta de iniciativa.
1. Falar muito ou pouco O correto é responder a pergunta do recrutador com objetividade. Falar demais torna a entrevista cansativa e você corre o risco de ser prolixo, característica condenada pelos selecionadores. Ser monossilábico também atrapalha. É preciso esclarecer como você lida com situações do dia a dia e os resultados alcançados nas experiências profissionais anteriores ou atual.
2. Usar roupas inadequadas Mulheres com trajes muito decotados, apertados ou saias curtas correm o risco de chamar a atenção mais para si do que para o conteúdo. Maquiagem carregada ou acessórios chamativos também não combina para a ocasião. Para os homens a recomendação é…

Quer ser um profissional bem-sucedido? Saiba administrar melhor o tempo

No ambiente de trabalho é fácil perceber a diferença entre o indivíduo que “usa” o tempo e aquele que sabe aproveitar da melhor forma o momento que tem. Quem o usa geralmente trabalha bastante, por isso a qualidade de vida e de suas relações costuma ser muito diferente daquele que sabe aproveitar o tempo. Este tem uma vida equilibrada e atinge os resultados de uma maneira mais feliz.
Tempo não está relacionado com quantidade, mas com qualidade: “O tempo, portanto, não é o espaço percorrido pelos ponteiros do relógio, mas a forma como vivemos esse espaço”. Dedicar-se demasiadamente ao trabalho não é garantia de sucesso, já que a excelência na vida profissional depende de uma boa noite de sono, alimentação balanceada, atividade física regular, estudo e relações estáveis:
“O Google, por exemplo, inverteu a lógica do tempo. A empresa não contabiliza o tempo, mas os talentos. E apresenta ótimos resultados. Não por acaso, a companhia está entre as dez maiores do mundo. Talvez essas coisas …

Competências Extras

Durante anos o diploma de curso superior foi considerado como garantia de emprego, tanto pelos empregadores quanto pelos jovens que buscavam se inserir no mercado de trabalho. O grau de conhecimento apreendido e adquirido na faculdade determinava quem estava mais apto a desenvolver os trabalhos com maior competência.

Entretanto, o conhecimento específico na área de atuação não se mostra suficiente na era da informação, que exige profissionais cada vez mais atentos às mudanças que ocorrem no mundo e que saibam aplicar todo e qualquer tipo de conhecimento em benefício da empresa.

O interesse em adquirir uma cultura geral, a realização de trabalhos filantrópicos, de responsabilidade social, entre outros, são algumas das atividades que ultrapassam os limites da área de atuação da empresa e que colaboram para uma formação completa do indivíduo tanto na vida profissional quanto na vida pessoal e social.

Habilidades de comunicação, de informática e de línguas estrangeiras continuam sendo indisp…

Imagem é sua marca profissional

A primeira impressão é a que fica? No universo corporativo sim e pode garantir uma vaga no mercado de trabalho ou o fechamento de um contrato. Especialistas em etiqueta empresarial afirmam que nem sempre o profissional terá uma segunda chance para esclarecer um equívoco. Por isso, vista-se e comporte-se de forma adequada na esfera profissional, afinal, no ambiente de trabalho, você está vendendo a sua imagem e a da empresa.

“Você pode ser descontraído, não precisa ser formal ou engessado, mas é importante que se atente às regras da polidez”.

No ambiente de trabalho a etiqueta ganha mais importância com a reorganização dos espaços, cuja ideia é permitir que profissionais trabalhem na mesma sala para proporcionar um ambiente mais participativo e colaborativo na criação e inovação de produtos e serviços.

“É gratificante e até mais produtivo trabalhar com alguém que não fale muito alto, não seja invasivo, deixa o celular no silencioso e sabe usar de forma adequada os espaços coletivos como o…

Reflexão Profissional

Fazer uma reflexão profissional é um passo determinante para avançar na carreira, já que é uma oportunidade de avaliar que passos devem mudar de rota e que caminhos deram certo.

No início do ano, todo profissional faça um plano com objetivos bem definidos para os próximos meses que virão, contemplando os projetos que quer concretizar, que tipo de aprimoramento pretende fazer, que avanço profissional gostaria de ter, etc. O balanço deve envolver, ainda, uma contabilização do que foi positivo e do que foi negativo, avaliando os resultados alcançados e as oportunidades que geraram desenvolvimento e melhoria para sua carreira.

Elaboramos um “guia” para orientar os profissionais nessa avaliação, reunindo quatro questões que devem ser revisitadas regularmente para avaliação da carreira profissional. A reflexão para elaboração das respostas prepara o profissional para a adoção de ações que contribuam para o seu desenvolvimento.

1- Você sabe qual é a sua contribuição?
Mantenha uma visibilidade po…

Cinco regras para usar redes sociais no trabalho

1. Conheça e siga a política de mídia social da sua empresa.
É permitido o uso de redes sociais nos PCs da empresa? Com que frequência? Quais sites? Você pode comentar sobre assuntos da empresa? Quais informações da empresa você tem permissão para compartilhar? Quem você deve consultar se você tiver uma dúvida a respeito de qualquer uma destas questões? Todas essas perguntas e mais devem ser respondidas na política de mídia social da empresa. Se você nunca leu a política da sua empresa, leia agora. Se a sua empresa não possui, sugira a criação de uma.

2. Use senhas diferentes para o trabalho e contas de mídia social.
Senhas fortes são importantes. Uma senha vulnerável na sua conta do Facebook pode comprometer a sua reputação pessoal e amigos. Não aumente o risco usando a mesma senha para a sua rede corporativa.

3. Sempre faça log off.
É segurança inteligente fazer o log off do computador ao sair da sua mesa. É ainda mais importante quando as suas contas de rede social estão abertas. Se voc…

Saiba como reagir a crítica no trabalho

Independente de quem você é ou do posto que ocupa, críticas e julgamentos a seu respeito ou sobre sua conduta farão parte da sua rotina! É preciso, aprender a avaliar suas reações e adotar um comportamento civilizado para lidar com isso.

1. Não seja reativo
Argumentos defensivos ou retrucar de imediato sem refletir sobre o que lhe foi dito não ajudará em nada. Pelo contrário.
Reações impulsivas nos mantêm reféns de relações hostis. Refletir sobre alguns comentários a nosso respeito, por mais duros que possam parecer, nos ajuda a exercitar o autoconhecimento e melhorar nossas relações interpessoais.

2. Faça considerações
Cultive o hábito de refletir sobre os comentários alheios e elabore um argumento coerente antes de responder de forma impulsiva. Lembre-se de que, no calor dos ânimos e sob pressão, as pessoas são levadas a agir sob impulso, e nem sempre têm noção do que estão dizendo ou das razões que as levaram a fazer uma crítica. Seja condescendente com elas.

3. Invista no autoconhecimen…

Desenvolva seu outro lado

Todos nós nascemos com talentos e habilidades para diversas coisas, mas ao longo da vida acabamos por frisar e desenvolver apenas uma delas. A coisa piora depois dos 30, quando já estamos formados, com uma profissão definida e uma carreira inteira pela frente com a promessa de fazer sempre a mesma coisa.

Mas especialistas garantem: se dá bem melhor nas tarefas do cotidiano quem tem múltiplas habilidades desenvolvidas. Portanto se você é bom com números, tente fazer uma pintura. Se é bom em escrever, tente resolver equações matemáticas, ou jogar soduku.

Desenvolver múltiplas habilidades é a melhor forma de desenvolver sua criatividade. Quanto mais pratos diferentes experimentar, mais referências de sabor seu cérebro vai armazenar, isso também vale para experiências, conhecimento e práticas. Criatividade nunca é demais e sempre ajuda independente de qual seja a sua profissão.

O cérebro se divide em dois, o lado direito é o da criatividade, o lado mais lúdico. Já o esquerdo é a parte mais s…

Como espantar o stress no trabalho

Frustração, irritabilidade, ansiedade e estresse são sintomas do medo. “O medo do que está por vir, gera ansiedade que, com o tempo, resulta em estresse”, diz. A sensação de falta de controle resulta em problemas físicos como coração acelerado, aumento da pressão, dor de cabeça, entre outros.

Então, a primeira atitude é perceber se você está sendo vítima destas reações internas e combate-las assim que elas aparecerem. A arma? Atitude positiva.

Mas como? “Uma forma saudável de manter a atitude positiva é refletir sobre o que se ganha com a situação, sobre qual é o aprendizado”. Toda experiência traz um aprendizado, você pode se perguntar, por exemplo: “que virtude estou aprendendo e/ou exercitando por meio dessa experiência?”, “será que estou tendo que aprender a ser mais paciente? Mais determinado? Mais humilde? Mais confiante? Como essa experiência me torna mais sábio e como ela me fortalece?”

Sabedoria é saber extrair o aprendizado real de situações limite como esta.

Foco na solução

Com …

A criatividade como diferencial

Criatividade para que? Como gerar idéias? Ser criativo é ser diferente? Essas são as primeiras perguntas que surgem na nossa consciência.

Eu tenho que ser criativo? Ser diferente? Ou é apenas mais um requisito a ser exigido pelas empresas? Estamos acostumados a considerar a criatividade como algo pessoal, intransferível e eloquente. Engano nosso! É algo que poderá ser desenvolvido e que deve fazer parte da nossa vida, do nosso estio, da nossa competência e comportamento.

Sem grandes investimentos a empresa poderá propiciar ações criativas, dando a liberdade de opinar, errar, aprender com estes erros e, principalmente, de buscar alternativas de diferenciação nos produtos e serviços. Hoje em dia, o ato de criar ou inovar não se restringe apenas ao empreendedor.

É necessário que haja uma ação conjunta entre empregados e empreendedor. Buscar o diferencial é oferecer algo a mais do que o cliente esperava, atrair sua preferência, adaptar-se ás suas necessidades, modificar produtos, buscar solu…

A inclusão de profissionais com deficiência no mercado de trabalho

É indiscutível a importância das contratações de profissionais com deficiência para a economia do Brasil. Além da geração de emprego, a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho contribui para trazer dignidade a essas pessoas. Ao inclui-las, não estamos apenas ofertando um salário, mas também a oportunidade de se reabilitar socialmente e psicologicamente.
É sabido que o exercício profissional traz consigo a interação com outras pessoas, o sentimento de cidadão produtivo, a possibilidade de fazer amigos, de encontrar um amor, de pertencer a um grupo social. Até o status adquirido junto à própria família muda para melhor. Sem contar que a presença de pessoas com deficiência no mercado de trabalho contribui para humanizar mais a empresa e enriquecer o ambiente corporativo com visões e experiências diversificadas.
Ao incluir pessoas com deficiência no mercado de trabalho, configura-se um novo grupo de consumidores, até então excluído da economia. Com a geração de renda, …

Mercado de trabalho

É constituído pelas ofertas de trabalho ou emprego oferecidas pelas organizações, de determinado ramo de negócio,  em determinada região e em determinada época.  É  basicamente definido pelas organizações e suas oportunidades de emprego. * Com a advento da Rede Internet  ocorreu a expansão geográfica  da  área de captação  de candidatos pelas empresas,  fazendo com que o mercado de trabalho se torne amplo no que concerne ao acesso de candidatos a empresas de outras regiões e países.  OFERTA   E  DEMANDA -   O mercado de trabalho é orientado pela oferta e procura ( demanda ) de empregos. Assim sendo,  quanto maior o número de organizações em determinada região,  procurando candidatos para as vagas disponíveis, mais ofertas de emprego existem. É o fenômeno da oferta de empregos. Gerando com isso menor tempo de recolocação  para o candidato e  possibilidades de maior remuneração, devido a escassez  de  profissionais candidatos. Por outro lado, quanto menos empresas oferecem vagas maior o…

As novas necessidades do mercado de trabalho

As relações profissionais mudaram. Se, por um lado, temos um mercado aquecido, com dificuldades de reter talentos, por outro, a falta de mão de obra qualificada para atender o perfil desejado preocupa as companhias. Diante deste contexto, podemos questionar alternativas para equilibrar estas duas necessidades, ou seja: o que os profissionais podem fazer para se preparar e atender à demanda do mercado, desenvolvendo as competências desejadas pelas companhias, e como as empresas podem contribuir para a preparação destes profissionais.

Por parte dos empregadores, a melhor opção, sem dúvida, é investir em ações de treinamento e desenvolvimento. Cada vez mais, as empresas desejam profissionais que reúnam três aspectos que, hoje, tornaram-se fundamentais para formar uma equipe multidisciplinar e integrada: a capacidade de inovação, a habilidade para trabalhar sob pressão e a resiliência, ou seja, a desenvoltura para lidar com momentos de crise.

No mercado de trabalho, um profissional que pret…

Comunicação abre portas no mercado de trabalho

Uma efetiva comunicação facilita a conquista de um estágio.
Ingressar e ser bem sucedido em um estágio são tarefas cada vez mais difíceis, devido ao alto índice de competitividade no mercado de trabalho. Isso ocorre, sobretudo nas multinacionais e empresas de grande porte, pois buscam estudantes com habilidades e competência adequadas às suas necessidades.
Figuram entre essas habilidades, a capacidade de se comunicar e se relacionar. Além disso, quem tem boa comunicação, possui uma forte aliada para alcançar uma boa oportunidade de estágio.
Uma comunicação bem desenvolvida, além, obviamente, dos conhecimentos adquiridos ao longo do curso universitário, é fundamental para causar boa impressão na empresa. Seja em uma reunião, apresentações, conversas entre colegas, todos têm necessidade de trocar informações e transmitir ideias e impressões.
Como qualquer outro profissional, o estagiário é avaliado pelo talento, capacidade de desenvolver suas atividades e seus valores, como determinaçã…

Como esta a gestão da sua carreira profissional?

São diversas as opções para a escolha de uma trajetória profissional. Há a 
possibilidade de se seguir uma carreira pública ou privada. Há quem prefira trilhar um 
caminho mais acadêmico. Há aqueles, ainda, que preferem empreender, ao invés de
serem empregados. O profissional deve priorizar uma formação generalista ou
especialista? Quais os possíveis caminhos? Quem são os responsáveis pela
preocupação com essas questões, as empresas ou os indivíduos?

Ao contrário desta vasta gama de possibilidades de escolha está a preocupação
voltada para a gestão de carreira. Quanto tempo geralmente é investido pelas
pessoas em seu dia, simplesmente, para tomar conta de suas carreiras?

É fato que todas as pessoas investem parte do seu tempo para o pagamento de suas
contas, manutenção de sua residência ou de seus automóveis, ou até mesmo para
cuidar de sua saúde. Da mesma forma que há uma atenção dispensada para todas
essas tarefas, é fundamental que haja um espaço de tempo voltado para a gestão de
carreira.

Gestã…