Pular para o conteúdo principal

Nossa voz como expressão no mundo


Entenda como a maneira de falar pode influenciar na carreira

A voz é nossa expressão para o mundo e responsável por boa parte da percepção que as pessoas têm da gente. Quando crianças, nós adquirimos uma série de valores que marcarão nossa forma de falar. Nessa fase fica mais definido se falamos muito ou pouco, alto ou baixo, de forma assertiva ou mais timidamente, por exemplo. Essa forma de expressão tem a ver, portanto, com nosso núcleo familiar e com o meio em que crescemos. O tom de voz também pode ser muito parecido com o de algum parente, apesar de muitas pessoas jamais perceberem isso.

Na vida profissional, podemos ser vistos como arrogantes, receosos ou reticentes, de acordo com a nossa fala. É muito importante, assim, termos consciência da forma como estamos expressando nossos desejos no ambiente de trabalho.

O QUE ESTAMOS EXPRESSANDO COM NOSSO TOM DE VOZ?

Falar rápido demais ou muito lentamente pode fazer com que nos coloquem rótulos não favoráveis à nossa carreira. Quem é muito ansioso ou tem excesso de energia não canalizada para a ação pode usar a voz como válvula de escape, falando aceleradamente. A impressão que passa é de que a pessoa pensa rápido demais e não se preocupa muito com os colegas, simplesmente "atropelando" todos.

Nesses casos, a simples consciência de que falamos em uma velocidade inadequada pode ser o primeiro passo para fazermos a correção. O ritmo lento demais, por outro lado, pode deixar a sensação de que a pessoa é vagarosa e demora a concluir suas tarefas, não colaborando para causar uma primeira impressão positiva, principalmente em entrevistas de emprego.

Nessas situações, a pessoa vai precisar de estímulo e apoio contínuo para se comunicar de uma maneira nova e depois mantê-la no dia-a-dia. É aí que o treinamento para falar em público pode se tornar um grande aliado. Outra maneira de mudar o estilo de comunicação é assistir a filmes de grandes oradores e anotar o que mais gostou nas apresentações, procurando - à sua maneira - variar e melhorar sempre através dos melhores exemplos. Pedir dicas aos amigos de sua confiança também costuma surtir bom efeito.

MELHORE SUA IMAGEM PÚBLICA

Os profissionais que imprimem um tom mais assertivo na sua fala, transmitem uma imagem arrojada. Uma boa dica para quem deseja seguir este caminho é fazer um treinamento gravado em vídeo, que pode ser revisado por um instrutor ou Coach capacitado, que orienta a pessoa sobre como melhorar sua imagem pública. O confronto com a própria imagem e voz gravadas costuma ser um excelente recurso para o desenvolvimento da expressão e melhora as apresentações profissionais.

Muitas pessoas nunca se viram no vídeo e, quando o fazem pela primeira vez, sentem um grande desconforto, exclamando: "Mas eu não sabia que minha voz era assim!". Outras imediatamente começam a se criticar: "Meu cabelo está horrível, estou gorda e mal vestida". No entanto, esse é o momento chave para que ela analise e se conscientize sobre a impressão que causa nos outros e comece a fazer as mudanças necessárias que irão impactar sua carreira. Falar é vital, então não abra mão do seu direito de se expressar e tire o maior proveito disso!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os pilares da confiança no trabalho e como construí-los

A confiança é um dos princípios fundamentais da construção de relacionamentos. Ela, contudo, não acontece de um dia para outro, exige o que a pessoa tem de melhor, se desenvolvendo aos poucos. Ela precisa ser conquistada com nossas ações e comportamentos.

Assim como na vida pessoal, relacionamentos profissionais também dependem dela para se manterem saudáveis. “Uma relação de confiança no ambiente de trabalho cria espaço para a cooperação, o comprometimento, a circulação de ideias inovadoras, superação das diferenças, aumentando a satisfação no trabalho e melhora da comunicação”.

Mas quais são os pilares da relação de confiança no ambiente profissional? Confira e veja ainda quais os passos para construir um relacionamento baseado na confiança:

Honestidade, integridade e coerência
“Não posso dizer confie em mim, mas por meio destes três aspectos eu estabeleço o vínculo de confiança”. Para que um indivíduo confie em alguém e se comprometa com ele é preciso acreditar nele. “Perceber que é ve…

A ética nossa de cada dia

Parte da matriz profissional, a ética garante uma carreira sólida e bem sucedidaA ética profissional faz parte da vida de muitos trabalhadores, afinal, para se construir uma carreira duradoura, é necessário manter uma conduta louvável, fundamentada em princípios e valores éticos e morais. Considerada como o ato de cumprir suas obrigações de sua área profissional sem violar nenhum princípio, a ética profissional, segundo Madalena Feliciano,  CEO do Instituto Profissional de Coaching, deve ser cercada por valores como:
A honestidade e integridade – “sempre buscar fazer seu trabalho de maneira honesta, prezando sua credibilidade”.O sigilo e o respeito – “respeitar o cliente, o colega de trabalho. Não tirar vantagens de situações, não firmar compromissos que não pode cumprir, etc.”, exemplifica Madalena.A contribuição social – “todo trabalho pode trazer uma contribuição para a sociedade. O de coaching, por exemplo, tem a capacidade de contribuir para o desenvolvimento de pessoas”, ressalta.…

Para alcançar o sucesso é preciso estudar a empresa

Madalena Feliciano diz que é necessário alinhar valores para ter sucesso profissional. Até mesmo para enviar o currículo a uma empresa é sempre bom conhecer sua cultura para ver se seus valores batem com os dela. Para isso, a internet é uma grande aliada para descobrir itens como missão, visão e valores, que são importantes quando for chamado para uma entrevista. No processo seletivo, o candidato pode aproveitar para descobrir várias outras informações sobre a empresa, prestando atenção nas perguntas feitas pelo selecionador e pelas atividades que deverão ser realizadas. “Profissionais que mostram conhecimento anterior e interesse sobre a empresa ganham pontos positivos com o entrevistador e futuros chefes. A atenção neste momento pode garantir um bom resultado no mais para a frente”, diz Madalena Feliciano, gestora de carreira da Outliers Careers. Ao entender melhor a cultura e o funcionamento da empresa, o profissional conseguirá identificar também seus pontos fracos e terá bons critér…