Pular para o conteúdo principal

Cinco regras para usar redes sociais no trabalho


1. Conheça e siga a política de mídia social da sua empresa.
É permitido o uso de redes sociais nos PCs da empresa? Com que frequência? Quais sites? Você pode comentar sobre assuntos da empresa? Quais informações da empresa você tem permissão para compartilhar? Quem você deve consultar se você tiver uma dúvida a respeito de qualquer uma destas questões? Todas essas perguntas e mais devem ser respondidas na política de mídia social da empresa. Se você nunca leu a política da sua empresa, leia agora. Se a sua empresa não possui, sugira a criação de uma.

2. Use senhas diferentes para o trabalho e contas de mídia social.
Senhas fortes são importantes. Uma senha vulnerável na sua conta do Facebook pode comprometer a sua reputação pessoal e amigos. Não aumente o risco usando a mesma senha para a sua rede corporativa.

3. Sempre faça log off.
É segurança inteligente fazer o log off do computador ao sair da sua mesa. É ainda mais importante quando as suas contas de rede social estão abertas. Se você sai da sua mesa e deixa o navegador aberto no Facebook ou no Twitter, você está implorando para um colega de trabalho postar uma atualização ridícula de status em seu nome. Na verdade, é uma boa política fazer o log off de qualquer site quando você não estiver usando. Você não quer ganhar a reputação de funcionário que está sempre no Facebook.

4. Evite correr riscos desnecessários.
Não clique em links encaminhados que você não tem certeza se são confiáveis - verifique qualquer URL. Se alguém pedir ajuda financeira para você ou para divulgar algo controverso, verifique quando chegar em casa. O mais importante, deixe a instalação de software para os especialistas. Se é preciso instalar um plug-in para ver algo relacionado a uma página do Twitter, você provavelmente não precisa ver esta página.

5. Pense no que você compartilha e com quem.
Você nunca deve postar qualquer coisa na web que não gostaria de ver em um jornal. Considere tudo o que você postar — incluindo itens que são limitados somente a “amigos” ou “amigos de amigos” — para potencialmente estar em domínio público.

Coisas que parecem normais agora para serem publicadas podem ser constrangedoras ou até dolorosas depois. Você pode desejar, em breve, que todas as suas fotos com a sua ex-namorada ou os seus vídeos com seus ex-colegas de trabalho no karaokê simplesmente desapareçam. Mas eles não irão. Devido a isto, considere quem você adiciona em quais contas. Talvez você queira usar o Facebook exclusivamente para amigos que não sejam do trabalho. Talvez você queira apenas conexões profissionais no LinkedIn. Qualquer coisa que for fazer pense antes de aceitar um convite para se conectar. E, em um site como o Twitter, onde os seus tweets são provavelmente abertos a todos, pense antes de compartilhar qualquer informação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os pilares da confiança no trabalho e como construí-los

A confiança é um dos princípios fundamentais da construção de relacionamentos. Ela, contudo, não acontece de um dia para outro, exige o que a pessoa tem de melhor, se desenvolvendo aos poucos. Ela precisa ser conquistada com nossas ações e comportamentos.

Assim como na vida pessoal, relacionamentos profissionais também dependem dela para se manterem saudáveis. “Uma relação de confiança no ambiente de trabalho cria espaço para a cooperação, o comprometimento, a circulação de ideias inovadoras, superação das diferenças, aumentando a satisfação no trabalho e melhora da comunicação”.

Mas quais são os pilares da relação de confiança no ambiente profissional? Confira e veja ainda quais os passos para construir um relacionamento baseado na confiança:

Honestidade, integridade e coerência
“Não posso dizer confie em mim, mas por meio destes três aspectos eu estabeleço o vínculo de confiança”. Para que um indivíduo confie em alguém e se comprometa com ele é preciso acreditar nele. “Perceber que é ve…

A ética nossa de cada dia

Parte da matriz profissional, a ética garante uma carreira sólida e bem sucedidaA ética profissional faz parte da vida de muitos trabalhadores, afinal, para se construir uma carreira duradoura, é necessário manter uma conduta louvável, fundamentada em princípios e valores éticos e morais. Considerada como o ato de cumprir suas obrigações de sua área profissional sem violar nenhum princípio, a ética profissional, segundo Madalena Feliciano,  CEO do Instituto Profissional de Coaching, deve ser cercada por valores como:
A honestidade e integridade – “sempre buscar fazer seu trabalho de maneira honesta, prezando sua credibilidade”.O sigilo e o respeito – “respeitar o cliente, o colega de trabalho. Não tirar vantagens de situações, não firmar compromissos que não pode cumprir, etc.”, exemplifica Madalena.A contribuição social – “todo trabalho pode trazer uma contribuição para a sociedade. O de coaching, por exemplo, tem a capacidade de contribuir para o desenvolvimento de pessoas”, ressalta.…

Para alcançar o sucesso é preciso estudar a empresa

Madalena Feliciano diz que é necessário alinhar valores para ter sucesso profissional. Até mesmo para enviar o currículo a uma empresa é sempre bom conhecer sua cultura para ver se seus valores batem com os dela. Para isso, a internet é uma grande aliada para descobrir itens como missão, visão e valores, que são importantes quando for chamado para uma entrevista. No processo seletivo, o candidato pode aproveitar para descobrir várias outras informações sobre a empresa, prestando atenção nas perguntas feitas pelo selecionador e pelas atividades que deverão ser realizadas. “Profissionais que mostram conhecimento anterior e interesse sobre a empresa ganham pontos positivos com o entrevistador e futuros chefes. A atenção neste momento pode garantir um bom resultado no mais para a frente”, diz Madalena Feliciano, gestora de carreira da Outliers Careers. Ao entender melhor a cultura e o funcionamento da empresa, o profissional conseguirá identificar também seus pontos fracos e terá bons critér…