Pular para o conteúdo principal

Use esta “mania” de Barack Obama para falar melhor em público

Em seus 8 anos de governo, ex-presidente dos EUA foi elogiado por suas habilidades de comunicação. Veja um detalhe na oratória dele que faz toda a diferença

São Paulo — Os fãs do ex-presidente americano Barack Obama não o admiram apenas por suas habilidades políticas: também não faltam elogios ao seu talento para falar em público.
O político é um verdadeiro mestre da oratória, diz Carmine Gallo, especialista em comunicação, à revista Forbes. Obama usa uma linguagem concreta, repete palavras para dar ênfase a certas ideias e explora a riqueza expressiva dos gestos e da voz.
Mas há um detalhe mais sutil por trás da comunicação do ex-líder dos Estados Unidos, afirma a jornalista Wanda Thibodeaux, em artigo para o site Inc. O segredo está… em inserir…algumas breves pausas…no seu discurso.
Sim, isso mesmo. A frequência com que Obama quebra a fala, que já foi até motivo para brincadeira do apresentador Steven Colbert, não tem a ver com dúvida ou hesitação. Na verdade, as pausas transmitem cuidado com a linguagem e autoconfiança, diz Thibodeaux.
A maioria das pessoas usa palavras e sons como “Hum”, “É…” ou “Sabe” para preencher o silêncio enquanto estão pensando no que dizer a seguir. Empregados em excesso, esses recursos podem se tornar cansativos e gerar distração na plateia.  
Como evitar isso? Faça pequenos intervalos, e não tenha medo deles. “As pausas causam uma impressão melhor do que as palavras usadas para preencher o silêncio, porque os ouvintes sabem que você está se esforçando para encontrar a melhor palavra, e respeitam esse processo”, escreve a jornalista.
Além disso, continua ela, quando Obama interrompe o que está dizendo por alguns segundos, ele demonstra que tem autoconfiança suficiente para assumir o silêncio, e que está se expressando de forma consciente, inteligente e controlada.
Isso também dá tempo para o ouvinte processar a mensagem de forma profunda, o que torna a comunicação mais eficaz e persuasiva.
Como incluir as pausas na minha fala?
Um exercício muito simples ajuda a tornar as suas frases tão “aeradas” quanto às do ex-presidente dos Estados Unidos. Em artigo para o site CBS News, o coach Sims Wyeth sugere que você escreva um texto e faça marcas para separar blocos usando o símbolo “/”.
Por exemplo: “Corte as frases, / desta maneira, / em períodos curtos. / Depois, / leia tudo / com calma / observando cada momento / de respirar”. A ideia é contar três segundos entre cada segmento.
No início, você pode ter a sensação de que as suas pausas estão durando uma eternidade, mas com o tempo tudo fica muito natural e relaxante.
Segundo Thibodeaux, as vantagens de se expressar de forma pausada vão além dos efeitos sobre a plateia — há benefícios importantes também para quem está se apresentando. 
O motivo é emocional. Para a maioria dos profissionais, falar em público causa grande ansiedade: esse é o 4º maior medo das pessoas, atrás apenas de acidentes de trânsito, morte e aranhas, segundo uma recente pesquisa com cerca de mil jovens nos Estados Unidos.
Em entrevista a EXAME.com, Malcolm Love, especialista em comunicação em público com passagem pela BBC, diz que o pavor de se expressar diante de um grupo de pessoas é comum em diversas culturas – das mais tímidas às mais extrovertidas – graças a um temor universal: o do julgamento.
Seguir o exemplo de Barack Obama pode ajudar a superar esse medo. “Truques como aprender a fazer pausas ajudam muito a causar uma boa impressão, o que cria vivências positivas na hora de se apresentar em público e acalma a ansiedade”, afirma Thibodeaux.
Por via das dúvidas…não custa nada…ver como você se sai.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os pilares da confiança no trabalho e como construí-los

A confiança é um dos princípios fundamentais da construção de relacionamentos. Ela, contudo, não acontece de um dia para outro, exige o que a pessoa tem de melhor, se desenvolvendo aos poucos. Ela precisa ser conquistada com nossas ações e comportamentos.

Assim como na vida pessoal, relacionamentos profissionais também dependem dela para se manterem saudáveis. “Uma relação de confiança no ambiente de trabalho cria espaço para a cooperação, o comprometimento, a circulação de ideias inovadoras, superação das diferenças, aumentando a satisfação no trabalho e melhora da comunicação”.

Mas quais são os pilares da relação de confiança no ambiente profissional? Confira e veja ainda quais os passos para construir um relacionamento baseado na confiança:

Honestidade, integridade e coerência
“Não posso dizer confie em mim, mas por meio destes três aspectos eu estabeleço o vínculo de confiança”. Para que um indivíduo confie em alguém e se comprometa com ele é preciso acreditar nele. “Perceber que é ve…

A ética nossa de cada dia

Parte da matriz profissional, a ética garante uma carreira sólida e bem sucedidaA ética profissional faz parte da vida de muitos trabalhadores, afinal, para se construir uma carreira duradoura, é necessário manter uma conduta louvável, fundamentada em princípios e valores éticos e morais. Considerada como o ato de cumprir suas obrigações de sua área profissional sem violar nenhum princípio, a ética profissional, segundo Madalena Feliciano,  CEO do Instituto Profissional de Coaching, deve ser cercada por valores como:
A honestidade e integridade – “sempre buscar fazer seu trabalho de maneira honesta, prezando sua credibilidade”.O sigilo e o respeito – “respeitar o cliente, o colega de trabalho. Não tirar vantagens de situações, não firmar compromissos que não pode cumprir, etc.”, exemplifica Madalena.A contribuição social – “todo trabalho pode trazer uma contribuição para a sociedade. O de coaching, por exemplo, tem a capacidade de contribuir para o desenvolvimento de pessoas”, ressalta.…

Para alcançar o sucesso é preciso estudar a empresa

Madalena Feliciano diz que é necessário alinhar valores para ter sucesso profissional. Até mesmo para enviar o currículo a uma empresa é sempre bom conhecer sua cultura para ver se seus valores batem com os dela. Para isso, a internet é uma grande aliada para descobrir itens como missão, visão e valores, que são importantes quando for chamado para uma entrevista. No processo seletivo, o candidato pode aproveitar para descobrir várias outras informações sobre a empresa, prestando atenção nas perguntas feitas pelo selecionador e pelas atividades que deverão ser realizadas. “Profissionais que mostram conhecimento anterior e interesse sobre a empresa ganham pontos positivos com o entrevistador e futuros chefes. A atenção neste momento pode garantir um bom resultado no mais para a frente”, diz Madalena Feliciano, gestora de carreira da Outliers Careers. Ao entender melhor a cultura e o funcionamento da empresa, o profissional conseguirá identificar também seus pontos fracos e terá bons critér…