Pular para o conteúdo principal

Entenda a diferença entre um emprego e uma carreira

Fonte: Shutterstock
 
Para diferenciar trabalho de carreira, afaste-se da situação e pense no todo. Um trabalho é algo mais definido, uma tarefa a ser completada. Ao identificar um trabalho, você deve ser capaz de achar um começo, um meio e um fim. Uma carreira, por outro lado, tem uma forma mais solta. Ela tem um começo, mas que caminhos ela segue é uma surpresa. Uma carreira pode acabar num lugar completamente diferente de onde ela começou. Ou seja: um emprego é algo pontual. Uma carreira é o acumulo de vários empregos, eventos e mudanças na nossa vida.
 
Na corrida para ser o melhor, é fácil perder de vista a sua carreira e focar apenas no seu trabalho. Achar um trabalho, continuar com o trabalho, trabalhar no trabalho, ficar acordado até tarde pelo trabalho e etc. Quando na verdade nosso foco deveria ser como esse trabalho contribui para a sua carreira e seus objetivos.
Um trabalho não é uma definição. Um trabalho é uma tarefa. Pode durar muito ou pouco tempo, mas ele sempre tem um começo, meio e fim. Com o tempo, nossos trabalhos acabaram tomando a função de nos definir e definir o que nós conquistamos. Quando nós conhecemos alguém novo, a conversa sempre chega eventualmente em “O que você faz?” e nós respondemos com o nosso trabalho atual.Por mais que seja fácil dizer que você trabalha para tal empresa na posição tal há dado número de anos, pense se outra resposta nãos seria mais correta e interessante. Porque o que você é não é o que você está fazendo, mas o que você fez e faz. E isso não são só empregos. O artesanato nas suas horas livres, o trabalho voluntário de sábado, essas coisas também são o que você faz. Onde você esteve, onde você está, para onde você quer ir. Isso é o quadro completo.
Se você quer parar de ser definido pelo seu trabalho, pare de falar sobre ele como se isso o definisse. Nossa carreira é nosso caminho. Carreiras e trabalhos tem uma relação bem simbiótica, você não tem um sem o outro. Empregos são as oportunidades que definem nossas carreiras, deixando que nós tentemos coisas, com sucesso ou não, e aprender com essas experiências. Carreiras são as coleções de oportunidades e a criação de uma narrativa, de um caminho.
A partir desse caminho é possível focar nas questões que vão além do nosso trabalho como:
1. Onde você quer chegar? 
2. O que você quer atingir?
3. De que trabalhos você gostou e quer fazer mais vezes? 
4. Como posso melhorar como pessoa a partir do meu trabalho?
5. Por que estou fazendo isso?
Mesmo que seja normal passar por vários trabalhos enquanto crescemos como profissionais, nós sempre precisamos estar alertas do caminho que está sendo traçado. Principalmente: ter certeza de que esse caminho nos levará para onde queremos ir.
ONDE OS DOIS SE UNEM
Se todo dia você está chegando em casa do seu trabalho estressado, nada animado pelo que está por vir e sentindo-se exausto o tempo todo, isso significa que você não está no caminho certo. Isso significa que você deveria se demitir? Depende. Ele adiciona algo na sua carreira que você não poderia conseguir em outro lugar? Se a resposta for não, então talvez seja hora de mudar de emprego. 
Se a resposta for sim, mantenha essa razão na sua mente nos momentos mais frustrantes e se as perdas não compensarem os ganhos, passe para a próxima. Quando nós não temos uma meta as mudanças de trabalho podem parecer sem sentido, e talvez elas sejam. Lembre-se: a sua carreira é sua responsabilidade.Se você está num trabalho e não sabe qual será o seu próximo passo, seu plano de carreira e onde você quer ir, você precisa parar e fazer isso agora. Comece fazendo planos simples, pense se o que você quer fazer a seguir se conecta com o que você faz agora. Se não existe conexão entre as duas realidades, planeje maneiras de conectá-las. Quebre o círculo de pensamento de que carreiras e trabalhos são a mesma coisa e comece a planejar o futuro.
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os pilares da confiança no trabalho e como construí-los

A confiança é um dos princípios fundamentais da construção de relacionamentos. Ela, contudo, não acontece de um dia para outro, exige o que a pessoa tem de melhor, se desenvolvendo aos poucos. Ela precisa ser conquistada com nossas ações e comportamentos.

Assim como na vida pessoal, relacionamentos profissionais também dependem dela para se manterem saudáveis. “Uma relação de confiança no ambiente de trabalho cria espaço para a cooperação, o comprometimento, a circulação de ideias inovadoras, superação das diferenças, aumentando a satisfação no trabalho e melhora da comunicação”.

Mas quais são os pilares da relação de confiança no ambiente profissional? Confira e veja ainda quais os passos para construir um relacionamento baseado na confiança:

Honestidade, integridade e coerência
“Não posso dizer confie em mim, mas por meio destes três aspectos eu estabeleço o vínculo de confiança”. Para que um indivíduo confie em alguém e se comprometa com ele é preciso acreditar nele. “Perceber que é ve…

A ética nossa de cada dia

Parte da matriz profissional, a ética garante uma carreira sólida e bem sucedidaA ética profissional faz parte da vida de muitos trabalhadores, afinal, para se construir uma carreira duradoura, é necessário manter uma conduta louvável, fundamentada em princípios e valores éticos e morais. Considerada como o ato de cumprir suas obrigações de sua área profissional sem violar nenhum princípio, a ética profissional, segundo Madalena Feliciano,  CEO do Instituto Profissional de Coaching, deve ser cercada por valores como:
A honestidade e integridade – “sempre buscar fazer seu trabalho de maneira honesta, prezando sua credibilidade”.O sigilo e o respeito – “respeitar o cliente, o colega de trabalho. Não tirar vantagens de situações, não firmar compromissos que não pode cumprir, etc.”, exemplifica Madalena.A contribuição social – “todo trabalho pode trazer uma contribuição para a sociedade. O de coaching, por exemplo, tem a capacidade de contribuir para o desenvolvimento de pessoas”, ressalta.…

Para alcançar o sucesso é preciso estudar a empresa

Madalena Feliciano diz que é necessário alinhar valores para ter sucesso profissional. Até mesmo para enviar o currículo a uma empresa é sempre bom conhecer sua cultura para ver se seus valores batem com os dela. Para isso, a internet é uma grande aliada para descobrir itens como missão, visão e valores, que são importantes quando for chamado para uma entrevista. No processo seletivo, o candidato pode aproveitar para descobrir várias outras informações sobre a empresa, prestando atenção nas perguntas feitas pelo selecionador e pelas atividades que deverão ser realizadas. “Profissionais que mostram conhecimento anterior e interesse sobre a empresa ganham pontos positivos com o entrevistador e futuros chefes. A atenção neste momento pode garantir um bom resultado no mais para a frente”, diz Madalena Feliciano, gestora de carreira da Outliers Careers. Ao entender melhor a cultura e o funcionamento da empresa, o profissional conseguirá identificar também seus pontos fracos e terá bons critér…